sábado, 7 de outubro de 2017

Oficina de escrita: cronista por um dia


Um sorriso vale mais que mil palavras



Uma manhã cinzenta e monótona como muitas outras: saio de casa, entro no carro. Aqui vou eu para mais um dia de trabalho.

Como sempre, apanho trânsito. Desta vez foi um acidente, nada de especial para quem está habituada. Ligo o rádio para me distrair. Passado uns minutos, ouço o locutor a desafiar os seus ouvintes e pedir-lhes para simplesmente sorrir para as pessoas ao seu lado.

Quando dei por mim, estava toda a gente a trocar sorrisos, então decidi fazer o mesmo. Num abrir e fechar de olhos, o cinzento do céu desaparecera, vi um sol radiante. Foi a coisa mais bonita que vi.

Nesta agitação quotidiana, as pessoas já não comunicam entre si, especialmente na cidade. E um sorriso pode mudar tanta coisa. Andamos sempre na correria e nem damos conta da pessoa que está ao nosso lado. Agora isolamos-nos cada vez mais. A nossa vida torna-se muito monótona.

Quem me dera voltar a ser criança e voltar ao campo onde toda a gente se conhece. Ai, que saudades!

Carla Barreiro, Rita Rei, Duarte Cruz - 9.º B

Sem comentários: