segunda-feira, 28 de novembro de 2016

O yeti de Febres

... explorar a ciência



Fig. 1 - Explorar a ciência... Experiência mais votada pelos alunos


Material: amido de milho (farinha maisena); tabuleiro rectangular; água; colher, 2 berlindes; jornal.

Procedimento: Deitar um pouco de amido no tabuleiro e juntar-lhe alguma água. Mexer com a colher, até obter uma mistura parecida à maionese. Mostrar que se obtém uma mistura líquida (mexer e apanhar um pouco com a colher). Pedir a alguém que se aproxime do tabuleiro. Bater na mistura quando a pessoa estiver próxima. A pessoa não fica salpicada, como estaria à espera. Colocar sobre a mão da pessoa convidada um pouco da mistura. Pedir que role como se fosse plasticina e que mostre quando sentir que formou uma esfera. Podes deixar repetir uma segunda vez este procedimento.
Sobre a mancha de mistura coloca os dois berlindes e assim tens um yeti de Febres.

Observações: Ao bater na mistura ela não forma salpicos.
Quando o convidado abre as mãos não está entre elas nenhuma esfera.


Conclusão: Quando se mistura o amido na água, os seus grãozinhos de milho separam-se e flutuam livremente, mas uniformemente espaçados (a mistura parece um líquido). Quando mexes com a colher a mistura os grãozinhos apenas deslizam uns pelos outros, mas mantém-se separados. Ao moveres rapidamente a mistura entre as tuas mãos, obrigas os grãozinhos a aproximarem-se uns dos outros e a ficarem bem organizados (a mistura parece formar uma esfera sólida).
Protocolos desenvolvidos por Ana Pimentel e Paula Neves

Sem comentários: