quinta-feira, 14 de abril de 2016

Faça lá um poema


 Porque partiste?



Quando partiste,                                                                 
Eu fiquei com raiva de Deus,                                         
Pois fiquei tão triste…                                                         
Nem te pude dizer adeus.                                               

Afoguei-me num mar de perguntas,                            
Parecia não ter forças para reagir.                              
Não recusava um minuto                                              
Para, de novo, te poder ouvir.                                        


 Como pode uma jovem tão nova                        
Ir embora assim tão cedo?
Logo a ti, que eras tão boa,                                              
E que ajudavas qualquer pessoa.                                
                                                                                             
Quando tu partiste,                                                                      
Uma parte minha morreu contigo.
O meu riso mudou de tom
E a minha voz de som.

Quando tu partiste,
Eu pensei em desistir.
Desejei ir também...
Tinha medo, receio de não conseguir.


Lembro-me de todas as nossas histórias,
Das nossas conversas
E do que tu foste importante para mim, 
Enquanto estiveste aqui.

Eu sei bem que a saudade
Será sempre uma presença constante,
Mas também já entendi

Que nunca mais vais estar aqui.


Maria Simões da Silva, nº.17, 8º.A

Sem comentários: