quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Culturas | Boletim Bibliográfico, n.º 22

... a ler


Ao inserir-se numa cultura o indivíduo vai adquirindo uma identidade cultural, isto é, um sentimento de pertença, de integração num grupo social que um indivíduo desenvolve a partir da adoção dos padrões de uma cultura e que o levam a partilhar regras, valores, crenças, modos de ser, de agir e de fazer.

Cada um de nós define o seu modo de ser e de agir por referência aos grupos culturais com os quais partilha os mesmos padrões de cultura e que se inscrevem no rosto, no corpo, na pele. De tal forma que ao olharmos para um indivíduo conseguimos localizá-lo no tempo e no espaço. Esta inscrição faz-se através de padrões de cultura.

Ao mesmo tempo que nos coloca num de semelhantes, a cultura também estabelece a diferença, o estranho.

Através da leitura podemos conhecer melhor os padrões da nossa cultura. Mas, também podemos aceder à identidade cultural de outros povos, outras gentes e, assim, superar um pouco a estranheza.

Apresentamos, por isso, neste Boletim, um conjunto de sugestões de leitura que nos permitem ter contacto com outras culturas.

Boas leituras!



Sem comentários: